quinta-feira, 19 de maio de 2011

Please, please, make it happen


Uma semana. Uma semana é o tempo que tenho para mudar a minha vida. Não drástica e dramaticamente(talvez só um pouco dramaticamente). Mas é uma semana do tudo ou nada no que ao John* diz respeito. Eu sou rapariga e como tal cresci agarrada à ideia de que os rapazes são os responsáveis por dar o primeiro passo. Portanto, estou à espera. E até sou simpática, porque não podia ser mais óbvia, portanto John, o passo é teu.

Com os exames à porta, esta pequena(grande, gigante) distração é tudo o que eu não preciso, mas também tudo o que quero. De modo que agora só me resta rezar às entidades divinas para(que o teste de amanhã me corra bem e) iluminarem certos (nada) comuns mortais.


*I'll explain later

2 comentários:

susana disse...

E acho que todas as raparigas que se prezem deviam pensar como tu (e como eu), no que toca a quem dá ou não o primeiro passo. É certo que às vezes também é preciso dar-lhes um pequeno empurrão, mas nada que lhes faça o trabalho todo, que assim é que a coisa se torna mágica :)

Ana disse...

Sempre ouvi dizer que no meio é que está a virtude... um passinho de um + o passinho de outro e chegam lá. Meet halfway :) * Ana